BLIND MASTER

Vitor Matos

Asset 7

"Porventura os traços que caracterizam a minha cozinha seriam diferentes se fosse outra a minha história, se outras fossem as memórias e as vivências do passado. Os meus primeiros passos na cozinha foram de literal perseguição à minha mãe, sobretudo quando chegava da escola e observava a azafama dos preparativos para o jantar. Foi uma espécie de cozinha experimental nem sempre bem sucedida, apoderava-me de todos os ingredientes que apanhava a jeito e misturava-os sem grande critério.
De lá para cá fui-me cultivando, selecionando produtos, aperfeiçoando as técnicas, refinando o palato e acrescentando estórias à minha história como pessoa, como profissional."

CV
Asset 1

MINI BLIND MASTER

João Araújo

"Foi um simples bolo de noz, que se tornou numa vontade de sentir e experimentar todos os sabores e combinações deste mundo! A este desejo juntam-se as varas, o quebra-nozes, as colheres, utensílios que são a essências de formação para um cozinheiro. Os ingredientes como a farinha, os ovos, a manteiga, são o reflexo de uma terra que os viu nascer, que provêm de tradições e produtores que definem o carácter e a identidade. Acresce o fermento, elemento dado pelas pessoas, locais, viagens e uma equipa, essenciais para que o bolo cresça, e faça com que o resultado final seja o mais perfeito possível! Tudo isto culmina ao redor de uma mesa, cenário principal de uma história, onde a comida e a bebida originam grandes histórias e duradouras amizades."

CV

MINI PRINCESS BLIND MASTER

Rita Magro

"Entre paredes, em especial nas de uma cozinha, troca sonhos por planos. Apaixonada por desafios e enigmas, não há excelência que não queira testar. De todos os mistérios que procura desvendar, acredita que o do seu destino pertence entre fogo e panelas."

CV
Blind barman

BLIND BARMAN

Diogo Pinto

CV